Culto Espírita

“Não penseis que eu tenha vindo destruir a lei ou os profetas: não os vim destruir, mas cumpri-los.” Jesus (Mateus, 5:11) Assim como o Cristo disse: “Não vim destruir a lei, porém cumpri-la, também o Espiritismo diz: “Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução.”  (Cap. 1, item: 7)

O Culto Espírita, expressando veneração aos princípios evangélicos que ele mesmo restaura, apela para o íntimo de cada um, a fim de patentear-­se.  Ninguém precisa inquirir o modo de nobilitá­-lo com mais grandeza, porque reverenciá-lo é conferir­-lhe força e substância na própria vida.

Mãe, aceitarás os encargos e os sacrifícios do lar amando e auxiliando a Humanidade, esposo e nos filhos que a Sabedoria Divina te confiou.

Dirigente, honrarás os dirigidos.

Legislador, não farás da autoridade instrumento de opressão.

Administrador, respeitarás a posse e o dinheiro, empregando-lhes os recursos no bem de todos, com o devido discernimento.

Mestre, ensinarás construindo.

Pensador, não torcerás as convicções que te enobrecem.

Cientista, descortinarás caminhos novos, sem degradar a inteligência.

Médico viverás na dignidade da profissão sem negociar com as dores dos semelhantes.

Magistrado, sustentarás a justiça.

Advogado, preservarás o direito.

Escritor, não molharás a pena no lodo do viciado, nem no veneno da injúria.

Poeta, converterás a inspiração em fonte de luz.

Orador, cultivarás a verdade.

Artista, exaltarás o gênio e a sensibilidade sem corrompê­-los.

Chefe, serás humano e generoso, sem fugir à imparcialidade e à razão.

Operário, não furtarás o tempo, envilecendo a tarefa.

Lavrador, protegerás a terra.

Comerciante, não incentivarás a fome ou o desconforto, a pretexto de lucro.

Cobrador de impostos, aplicarás os regulamentos com equidade.

Médium, serás sincero e leal aos compromissos que abraças, evitando perverter os talentos do plano espiritual no profissionalismo religioso.

A presente citação e todas as demais colocadas neste livro, em seguida aos textos evangélicos, forem extraídas de  “O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO”, de Allan Kardec. O culto espírita possui um templo vivo em cada consciência na esfera de todos aqueles que lhe esposam as instruções em conformidade com o ensino de  Jesus: “O reino de Deus está dentro de vós ”e toda a sua teologia se resume na  definição do Evangelho: “a cada um por suas obras.” A  vista  disso,  prescindindo  de  convenção  pragmática, temos nele o caminho libertador da alma, educando­,  raciocínio e sentimento, para que possamos  servir na construção do mundo melhor.

LIVRO DA ESPERANÇA mensagem ditada pelo Espírito Emmanuel e psicografada por Francisco Cândido Xavier

Orando cada dia

1 Senhor!…  Faze-me perceber que o trabalho do bem me aguarda em toda parte.

2 Não me consintas perder tempo, através de indagações inúteis.

3 Lembra-me, por misericórdia, que estou no caminho da evolução, com os meus semelhantes, não para consertá-los e sim para atender à minha própria melhoria.

4 Induze-me a respeitar os direitos alheios a fim de que os meus sejam preservados.

5 Dá-me consciência do lugar que me compete, para que não esteja a exigir da vida aquilo que não me pertence.

6 Não me permitas sonhar com realizações incompatíveis com os meus recursos, entretanto, por acréscimo de bondade, fortalece-me para a execução das pequeninas tarefas ao meu alcance.

7 Apaga-me os melindres pessoais, de modo que não me transforme em estorvo diante dos irmãos, aos quais devo convivência e cooperação.

8 Auxilia-me a reconhecer que cansaço e dificuldade não podem converter-me em pessoa intratável, mas mostra-me, por piedade, quanto posso fazer nas boas obras, usando paciência e coragem, acima de quaisquer provações que me atinjam a existência.

9 Concede-me forças para irradiar a paz e o amor que nos ensinaste.

10 E, sobretudo, Senhor, perdoa as minhas fragilidades e sustenta-me a fé para que eu possa estar sempre em ti, servindo aos outros.

Assim seja.

 Meimei