Caravana da Alegria

artigo07_02_1

A Fraternidade Luz e Fé têm na atividade chamada de “Caravana da Alegria” mais uma expressão da caridade praticada.

Essa atividade integra um dos objetivos da Escola de Aprendizes do Evangelho, que é oferecer aos alunos uma oportunidade de exercitar a caridade, na forma de auxiliar pessoas que não sejam de seu circulo familiar.

Assim nasceu essa caravana da alegria no ano de 2011, em que todos os alunos da EAE têm o compromisso de participar. Também são convidados todos os assistidos da FLF, que venham compartilhar conosco esse momento de alegria e fé viva na proposta evangelizadora de Jesus.

Pedimos a permissão da “Casa de Idosos Dona Dalva” para fazer-lhes essa visita, que é mensal, e tem como objetivo levantar o astral dos seus moradores, levar às pessoas palavras de consolo para doentes e necessitados, levar a promessa de redenção através do Evangelho.

Levamos ainda carinho, algum auxilio material, tudo em nome do Divino Mestre.

Veja os preparativos da visita acessando o link abaixo:


rodapeFLF

O Dia da Caridade

artigo07_01_1

O Brasil comemora no dia 19 de julho de todos os anos o DIA DA CARIDADE. Estabelecido pela lei federal nº 5.063, de 4 de Julho de 1966, esta propõe que:

Art. 2º A organização do plano para as comemorações ficará a cargo dos Ministérios da Saúde e Educação e Cultura, constando obrigatoriamente, sem prejuízo de outras iniciativas, de visitas a hospitais, casas de misericórdias, asilos, orfanatos, creches e presídios, e a todos os demais lugares onde a pobreza e a dor mais se façam sentir.

Ora, nada mais apropriado para um país que, nas palavras de Emmanuel, no prefácio do livro escrito pelo espírito Humberto de Campos – espírito – e Francisco Candido Xavier, Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho, diz:

O Brasil não está somente destinado a suprir as necessidades materiais dos povos mais pobres do planeta, mas, também, a facultar ao mundo inteiro uma expressão consoladora de crença e de fé raciocinada e a ser o maior celeiro de claridades espirituais do orbe inteiro.

O Brasil terá a sua expressão imortal na vida do espírito, representando a fonte de um pensamento novo, sem as ideologias de separatividade, e inundando todos os campos das atividades humanas com uma nova luz.

Na palavra destes inspirados mentores o Brasil já é, e será cada vez mais, um celeiro de luz espiritual, no exemplo da convivência pacifica entre os povos que o colonizaram, no exemplo de fraternidade e solidariedade, onde a expressão da caridade é a sua referencia maior.

artigo07_01_2

No Evangelho segundo o Espiritismo, encontramos a caridade como um dever:

“Amar o próximo como a si mesmo: fazer pelos outros o que quereríamos que os outros fizessem por nós”, é a expressão mais completa da caridade, porque resume todos os deveres do homem para com o próximo. Evangelho segundo o Espiritismo cap. 11, item 4. (grifo nosso)

“Não podendo amar a Deus sem praticar a caridade para com o próximo, todos os deveres do homem se resumem nesta máxima: fora da caridade não há salvação.” Evangelho segundo o Espiritismo, cap. 15, item 5 (grifo nosso)

Vejamos como a caridade é definida em O Livro dos Espíritos:

Pergunta 886: Qual o verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entendia Jesus?

Resposta: “Benevolência para com todos, indulgência para as imperfeições dos outros, perdão das ofensas.”

O Espirito da Verdade coloca três virtudes para explicar o conceito de caridade como o entendia Jesus: benevolência, indulgência e perdão.

Como aplicar essas virtudes em nosso dia-a-dia a fim de atendermos os nossos deveres como cristão? Vejamos a estrutura psíquica da pessoa humana, na transparente explicação do professor Cosme Massi:

O psiquismo do homem possui três faculdades fundamentais:

1. O pensar: pensamento, entendimento.
2. O sentir: as emoções, sentimentos e percepções.
3. O agir: as atitudes, o querer, a vontade.

A função psíquica “PENSAR”, no relacionamento com o próximo, na sociedade, é utilizada para analisar ou julgar o caráter ou conduta do próximo. Para utilizar corretamente esta função no relacionamento social, como devemos proceder? Que virtude deve controlar ou dirigir o uso desta função?

Resposta: A indulgência.

Espíritas, gostaríamos hoje de vos falar sobre a indulgência, esse sentimento tão doce, tão fraternal que todo homem deveria ter para com seus irmãos, mas que poucos praticam.

A indulgência jamais vê os defeitos alheios, ou, se os vê, evita falar deles e divulgá-los. Pelo contrário, ela os esconde, a fim de que não sejam conhecidos e, se a malevolência os descobre, sempre tem uma desculpa pronta para amenizá-los, ou seja, uma desculpa aceitável, séria, e não daquelas que, parecendo atenuar a falta, a destacam de um modo maldoso. “A indulgência – Evangelho segundo o Espiritismo – cap10 vers16”

A função psíquica “SENTIR”, no relacionamento com o próximo, na sociedade, é utilizada para receber o julgamento ou as ações do próximo. Para utilizar corretamente esta função no relacionamento social, como devemos proceder? Que virtude deve controlar ou dirigir o uso desta função?

artigo07_01_3

Resposta: O Perdão. O perdão atua com se fosse um filtro, impedindo que o mal gerado pelo próximo se instale em nosso mundo interior.

“Jesus, o justo por excelência, responde a Pedro: perdoarás, mas ilimitadamente; perdoarás cada ofensa tantas vezes quantas ela te for feita; ensinarás a teus irmãos esse esquecimento de si mesmo, que torna cada criatura invulnerável ao ataque, aos maus procedimentos e às injúrias; serás brando e humilde de coração, sem medir tua mansuetude; farás, enfim, o que desejas que o Pai celestial por ti faça. Não está Ele a te perdoar frequentemente? Conta porventura às vezes que o seu perdão desce a te apagar as faltas?” (Evangelho segundo o Espiritismo, cap.10, item 14)

O perdão verdadeiro, o perdão cristão é aquele que lança um véu sobre o passado; esse o único que vos será levado em conta, visto que Deus não se satisfaz com as aparências. Ele sonda o recesso do coração e os mais secretos pensamentos. Ninguém o engana por meio de vãs palavras e de simulacros. O esquecimento completo e absoluto das ofensas é peculiar às grandes almas; o rancor é sempre sinal de baixeza e de inferioridade. Não esqueceis que o verdadeiro perdão se reconhece muito mais pelos atos do que pelas palavras. (Evangelho segundo o Espiritismo, cap.10 , item 15)

Finalmente, a função psíquica “QUERER”, no relacionamento com o próximo, na sociedade, é utilizada para determinar o nosso AGIR, ou “como devem ser as nossas ações”, o que devemos fazer.

Para utilizar corretamente esta função no relacionamento social, como devemos proceder? Que virtude deve controlar ou dirigir o uso desta função?

Resposta: A Benevolência. “Agir no bem”, deve ser a determinação da nossa vontade.

O bem é tudo o que é conforme à lei de Deus; o mal, tudo que lhe é contrário. Assim, fazer o bem é proceder de acordo com a lei de Deus. Fazer o mal é infringi-la. (Livro dos Espíritos, Questão 630)

O homem procede bem quando tudo faz pelo bem de todos, porque cumpre a lei de Deus. (Livro dos Espíritos, Questão 629)

Para agradar a Deus e assegurar a sua posição futura, bastará que o homem não pratique o mal? Não; cumpre-lhe fazer o bem no limite de suas forças, porquanto responderá por todo o mal que haja resultado de não haver praticado o bem. (Livro dos Espíritos, Questão 642)

“Não há quem não possa fazer o bem. Somente o egoísta nunca encontra ensejo de o praticar. Basta que se esteja em relações com outros homens para que se tenha ocasião de fazer o bem, e não há dia da existência que não ofereça, a quem não se ache cego pelo egoísmo, oportunidade de praticá-lo Porque, fazer o bem não consiste para o homem, apenas em ser caridoso, mas em ser útil, na medida do possível, todas as vezes que o seu concurso venha a ser necessário.” (Livro dos Espiritos, Questão 643)

O professor Cosme Massi consegue com essa explicação clarear o conceito de caridade, mostrando-nos que esse é um dever de todos os dias dos cristãos.

Caso o amigo leitor queira se aprofundar um pouco mais nestas explicações, ouça a palestra “A caridade na visão espírita” no seguinte endereço: http://www.youtube.com/watch?v=zOkz1aG3v_I.

Também há uma excelente apresentação em slides no endereço: www.palestras.diversas.com.br/espiritismo%20ppt/a%20caridade.ppt

rodapeFLF